Segmento para divulgação: Saiba como definir em seu negócio para captar clientes

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por admin
em fevereiro 27, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

O empreendedorismo é uma tarefa tão satisfatória quanto desafiadora. Neste cenário, uma das preocupações de empreendedores é garantir bons índices de vendas e lucratividade. Para isso, encontrar o segmento de divulgação em seu negócio é indispensável.

Afinal, fazer a oferta do seu produto ou marca diretamente para aqueles consumidores que já estão interessados em comprá-los, é uma garantia mais efetiva de sucesso do que desperdiçar tempo e recursos em pessoas que não se importam com sua área de trabalho.

Por isso, durante todo o desenvolvimento e gestão de startups os empresários precisam se atentar sempre com a segmentação da instituição e do público consumidor.

No entanto, ainda que esta pareça ser uma tarefa simples, ela tende a se enquadrar em um dos maiores desafios do empreendedorismo.

Assim, se você deseja saber como fazer uma boa definição do seu negócio, a fim de aumentar a prospecção e a captação de novos clientes, continue a leitura!

Maiores desafios da gestão empresarial

Independente do tamanho da sua instituição, da área de atuação ou do tipo de gestão de startups e empreendedorismo digital escolhido para o modelo de negócio, todo empreendedor tende a enfrentar diariamente uma sequência interminável de desafios.

Ainda que essas adversidades mudem de instituições para instituições, de acordo com uma pesquisa realizada pela Endeavor e o Datafolha, os empresários brasileiros apontam alguns aspectos em comum que tendem a causar contratempos em todas as companhias.

Entre eles temos:

  • Gestão de pessoas;
  • Administração financeira;
  • Estruturação de planejamento;
  • Questões burocráticas;
  • Inovação.

Contudo, outra característica que chama muito a atenção é a quantidade de empresas que indicaram o setor de marketing e vendas como uma das sessões mais desafiadoras. 

Isso porque, em um ambiente de negócios cada vez mais competitivo, fazer com que a sua marca se destaque das demais se tornou essencial.

Assim, essas ações publicitárias deixam de ser um fator optativo – exclusivo de negócios maiores e que possuem orçamentos mais avantajados –, para se tornar parte fundamental dos processos operacionais, inclusive, das menores marcas.

Para que isso seja possível, os profissionais formados na faculdade de vendas e na gestão empresarial têm aprendido sobre quão indispensável a segmentação de um negócio se tornou.

A segmentação surgiu para viabilizar o alcance de novos clientes, promover a consolidação da marca no mercado, gerar alcance das metas e conquistar uma rentabilidade maior.

Importância da segmentação para o crescimento da sua empresa

O sucesso de um negócio está completamente relacionado com a qualidade da gestão de marketing e branding, bem como, com a organização da equipe de vendas.

Por isso, a criação de um planejamento de prospecção de clientes é essencial para evitar os atrasos, erros e prejuízos em investimentos inadequados.

Neste contexto, a segmentação da empresa se faz imprescindível.

Isso porque, essa parte do planejamento é responsável por oferecer os caminhos ideais a serem seguidos pela instituição, proporcionando mais destaque para a marca, chamando a atenção dos clientes e possibilitando mais satisfação.

Esse tipo de ação só é possível, pois é essa definição do nicho de atuação que auxilia na compreensão e análise das reais necessidades e anseios do público.

A compreensão acaba tornando cada vez mais fácil a identificação dos esforços necessários para a conquista de um público ideal, apto a comprar os seus produtos.

Além disso, essa segmentação também viabiliza a fidelização dos clientes e, naturalmente, tem um impacto considerável nas finanças da instituição.

Pois, ao mesmo tempo em que reduz os custos em investimentos de marketing – tornando-os mais direcionados –, aumenta o ticket médio da empresa e os ganhos gerais.

Contudo, para que todos esses benefícios possam ser devidamente alcançados, é crucial que essa definição de nicho seja feita de forma adequada e precisa.

Assim, é muito importante que os profissionais designados para essa tarefa sejam experientes e qualificados. A realização de cursos de gestão de pessoas e liderança ead pode ser uma forma de garantir que seja possível contratar esse tipo de colaborador.

Como definir o segmento do seu negócio

A segmentação do ramo de atividade do seu negócio pode ser feita de diversas maneiras, mas sempre levando em consideração o mercado que a sua marca irá atuar.

Uma das primeiras formas de identificar o nicho de atuação é separando em três categorias: indústria, comércio ou serviços.

Essa distinção já abrirá uma gama de possibilidades de atuação, como a fabricação de produtos, vendas ou prestação de serviços. Essa é considerada uma das primeiras decisões que devem ser tomadas na abertura de um negócio.

De toda forma, também existem diversas outras formas de segmentar o seu empreendimento, garantindo que a identificação do seu público ideal seja ainda mais detalhada e certeira. Por isso, se você deseja investir neste tipo de definição:

  1. Considere os principais interesses da marca

A segmentação de mercado é outra separação que deve ser estabelecida logo no início do projeto de abertura de um negócio. Ela envolve o enquadramento da sua marca em uma espécie de divisão de grupos de mercado.

O seu segmento de mercado pode ser mais ampliado, representando um setor abrangente como:

  • Moda;
  • Beleza;
  • Saúde;
  • Eletrônicos
  • Cama, mesa e banho;
  • Artigos esportivos;
  • Livraria, entre outros.

Mas ele também pode ser construído de forma mais específica para um nicho.

Ou seja, focando em um grupo de clientes específico dentro dos segmentos mais abrangentes descritos anteriormente. Neste caso, a utilização das características pessoais – como perfil e hábitos em comum – podem ser utilizados.

Assim, a segmentação se torna focada para clientes mulheres, idosas, que utilizam sites de compra coletiva e que moram em certa região do país, por exemplo.

Afinal, é com essa segmentação mais específica que será possível definir o público-alvo, os potenciais clientes e as pessoas que têm mais tendência a finalizar a compra.

Contudo, o ideal é que diferentes tipos de segmentações sejam efetuadas e que elas levem em consideração os principais interesses da marca, para que assim seja possível ter uma noção abrangente sobre o seu consumidor.

  1. Defina o tipo de segmentação ideal

Com o auxílio de um curso de gestão de pessoas a distancia, os empresários são capazes de adquirir ferramentas e estratégias que permitam a contratação de profissionais especializados, que possam auxiliar com a definição da segmentação da marca.

E isso é tão importante porque, para a construção da segmentação com nichos – descrita anteriormente – alguns tipos de definições poderão ser utilizadas, como o segmento geográfico, demográfico, de perfil de consumo, perfil psicológico, comportamento e etc.

Cada um desses tipos de segmentações pode ser mais ou menos vantajoso dependendo do modelo de negócio utilizado na sua empresa e, ainda assim, das informações necessárias para a identificação do perfil dos consumidores.

O segmento geográfico, por exemplo, é mais indicado para estabelecimentos físicos.

  1. Familiarize-se com o mercado pertencente a este segmento

Quando falamos sobre as definições mais amplas de segmento de mercado, é muito importante destacar que além da escolha das áreas de atuação que a empresa deverá seguir, também é preciso que os empresários conheçam profundamente sobre esse campo.

Por exemplo, quem visa atuar com saúde e bem-estar precisa investir em uma especialização em gestão hospitalar ead ou em outras formas de se aproximar deste nicho de interesse.

As práticas que devem ser adquiridas no dia a dia vão variar muito de acordo com as especificidades de cada setor.

Consequentemente, o padrão de consumo dos clientes e as tendências do mercado também se alteram de acordo com as particularidades de cada ambiente.

Por isso, é fundamental que o empreendedor tenha essa ambição de aprender sempre um pouco mais sobre o segmento em questão.

  1. Conheça seu público-alvo

A segmentação existe especificamente para auxiliar na identificação das principais características do seu público-alvo e para facilitar – e possibilitar – a criação da persona da sua empresa.

Ou seja, uma representação semi-ficcional do consumidor que tem mais tendência a comprar e ser fidelizado pela marca.

Entretanto, esse conhecimento sobre o público é importante para além do direcionamento das campanhas publicitárias.

Ele também é necessário para identificar a viabilização do comércio de um determinado produto e a originalidade e fator inovador que ele pode – ou não – possuir.

Além de avaliar as informações mais básicas sobre o perfil dos clientes, também é preciso que a pesquisa de mercado inclua avaliações como: o nível de interesse do mercado em relação ao meu produto, a utilidade que o meu serviço pode ter na vida dos consumidores.

Deve-se notar também se o nicho escolhido é o mais ideal para o tipo de material disponibilizado.

  1. Faça um estudo sobre a concorrência

A análise sobre concorrência também é muito importante para garantir que a segmentação da sua empresa está sendo feita de forma correta. Isso porque, esse estudo permite um aprofundamento no mercado desejado e a identificação da praticabilidade do seu negócio.

Afinal, deste modo podemos descobrir quantas empresas estarão competindo com a sua, quais são as marcas que estarão interessadas nos mesmos clientes e público-alvo e quais ações estão sendo adotadas por elas para conquistá-los.

O melhor curso de gestão financeira indica que o estudo da concorrência é um passo fundamental para conhecer os pontos fortes e fracos das instituições rivais e a própria, possibilitando a identificação de diferenciais que podem tornar o estabelecimento atraente.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog It Business Fórum, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre negócios, startups e estratégias para pequenas, médias e grandes empresas. 

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.